6 Fantasias Sexuais dos Homens e Mulheres

Jan 13 , 2020

Tanto homens como mulheres têm fantasias sexuais, mesmo que as mantenham em segredo.

A sexualidade tem uma forte componente mental. As fantasias fazem com que o cérebro imagine e se excite apenas com a ante visão das várias cenas. Da dominação ao voyorismo, estas são as principais fantasias deles e delas.

 

  1. Sexo em Público

Ter sexo num lugar público é um fetiche comum de ambos homens e mulheres. O inesperado e o medo de ser apanhado conduzem a excitação extrema.

Pode ser no cinema, no elevador, num estacionamento ou até fazer parte do “high mile club” (dentro do avião em pleno vôo), qualquer lugar em que a ideia do proibido e a sensação do descoberto estejam presentes são um ótimo afrodisíaco.

Durante um voo chamei o meu namorado para o WC. Encenamos que eu me estava a sentir mal e ele acompanhou-me. Foi a rapidinha mais veloz e mais entusiasmante que já tive. O espaço minúsculo, o medo de seremos apanhados e a trepidação do avião tornaram esta experiência inesquecível.” Ana, 27 anos

 

 

  1. Sexo com Estranhos

Ter sexo com uma pessoa estranha é uma fantasia principalmente das mulheres. A proposta é sentir (e dar) prazer sem ter de dar nada em troca.

As mulheres que têm esta fantasia, na sua maioria, são pessoas independentes que valorizam a sua sexualidade e gostavam de explorar este prazer. Esta fantasia é bastante vulgar mesmo para quem já tenha um parceiro fixo.

“Estou a tentar convencer o meu marido a irmos “engatar” um homem para uma noite de sexo casual. Tenho este fetiche e acho que vou ter a noite da minha vida com dois homens a darem-me prazer.” Joana, 37 anos

 

  1. “Menage” com 2 mulheres

O Sexo a 3 é das fantasias mais vulgares dos homens, principalmente com 2 mulheres. O homem deseja ver as duas mulheres a trocarem carícias entre elas e também participar na festa.

A fantasia de ver duas mulheres a tocarem-se e a acariciarem o homem em simultâneo leva qualquer homem ao rubro só de pensar.

“A minha mulher “ofereceu-me” de prenda de anos uma noite com ela e com uma desconhecida. Fomos a um clube de swing com as regras bem definidas: Ela é que escolhia a mulher e eu não podia penetrar a outra. Foi a noite mais louca da minha vida. Enquanto penetrava a minha mulher a outra beijava-me o pescoço e apalpava as mamas à minha mulher. E antes disso os preliminares delas levaram-me à loucura...” João, 42 anos

 

  1. Sadomasoquismo (Submissão e/ou Dominação)

Mandar ou ser mandado é um dos principais fetiches de ambos os géneros.  Desde prender o/a parceiro/a com algemas e vendas a coisas mais “hard” como palmadas, chicotadas e até a puxar o cabelo.

Esta prática ficou ainda mais comum depois do famoso livro e filme “As 50 Sombras de Grey”. Há a versão light da brincadeira e a há a versão hard com instrumentos próprios e com punições em que a dor e o prazer se unem num só. Qualquer das formas é válida desde que haja muita confiança entre o casal e seja feita com o consentimento de ambos.

“Sou dominadora por natureza. A maior parte das vezes os jogos com o meu escravo são mais suaves, mas 1 vez por mês divirto-me à séria! Ele fica amordaçado e anda o tempo todo ajoelhado a cumprir todas as minhas ordens que vão desde lamber-me os pés a fazer-me sexo oral até eu ter os orgasmos que quiser, e se não cumprir leva com a chibata. Ele adora que eu tenha o poder e tem imenso prazer com isso. Eu deliro vê-lo a rastejar por mim”. Beatriz, 41 anos.

 

  1. Sex Tape

Este é um fetiche comum dos homens. De forma geral, os homens gostam de ver pornografia, pelo que filmar e verem-se em pleno ato com uma mulher é uma fantasia que gera muita excitação. Recriar partes específicas de filmes pornográficos também faz parte desta fantasia aumentando o nível de dificuldade e entusiasmo.

“Vesti-me a rigor, de lingerie preta e sapato alto vermelho, e convidei o meu namorado para um jantar romântico em casa. O quarto estava preparado com acessórios e uma câmara de filmar. Fiz, inclusive, um roteiro de cenas que tínhamos de encenar para a câmara. Ele delirou com a ideia. Foi uma noite repleta de sexo e experimentação. Ficará para sempre na memória”. Maria, 28 anos

 

6- Voyorismo

O voyorismo consiste em observar outras pessoas nuas ou a terem sexo. Pode ser feito de forma explicita, em que os outros sabem que alguém os está a observar, ou de forma furtiva através de uma janela ou outro local.

Esta prática é considerada altamente excitante por motivar o voyer a imaginar cenas mais explicitas com o que está a ver.

“Estou solteiro e uma coisas que me dá mais prazer é ver outros a terem sexo enquanto me masturbo. Uma das vezes que mais me marcou foi quando fui a um clube que tinha um Glory Hole e coloquei-me num dos buracos enquanto via um casal a ter sexo. A meio do sexo a mulher encostou-se à parede do Glory Hole enquanto era penetrada por trás e chupou-me até eu me vir. ”. António, 33 anos


Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos